Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.espm.br/handle/tede/463
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: O fluxo do conhecimento e a expatriação em negócios internacionais
Other Titles: The flow of knowledge and expatriation in international business
???metadata.dc.creator???: Francisco, Pedro de Aguiar Bego 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lima, Manolita Correia
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: Borini, Felipe Mendes
???metadata.dc.contributor.referee1???: Borini, Felipe Mendes
???metadata.dc.contributor.referee2???: Kubo, Edson Keyso de Miranda
???metadata.dc.description.resumo???: De acordo com os principais especialistas em negócios internacionais, a vantagem competitiva das multinacionais depende da sua capacidade de adquirir e transferir conhecimento através das fronteiras. O conhecimento pode ser transferido pela matriz para a subsidiária (ou vice-versa), e de uma subsidiária para outra. Conseguir uma eficiente transferência de conhecimento é o objetivo subjacente de expatriados nas empresas multinacionais. Embora vários pesquisadores tenham abordado os fins da expatriação, nenhuma pesquisa foi realizada para entender como as estratégias de fluxo de conhecimento das empresas multinacionais influenciam a direção, extensão, duração ou propósitos das expatriações. Uma busca abrangente na literatura de negócios internacionais e de gestão de recursos humanos resultou na identificação do problema de pesquisa. Foi desenvolvido um quadro teórico para examinar a relação entre a estratégia MNC, a estratégia de fluxo de conhecimento, o uso de expatriados, os propósitos das expatriações. A metodologia é de abordagem quantitativa, através de uma survey aplicada em funcionários expatriados em subsidiárias MNCs, independentemente da localidade. Foram 87 os respondentes que completaram o questionário integralmente, sendo esta a amostra utilizada no estudo. Os dados coletados foram interpretados através da análise de variância e comparação das médias (ANOVA). Em virtude de a amostra ser pequena, e, portanto, os testes estatísticos não apresentarem tanta expressividade, optou-se por entrevistar 5 profissionais notórios e com muitos anos de experiência no campo da expatriação. Após a análise e discussão dos dados, os resultados da pesquisa revelaram que diferentes funções estratégicas das subsidiárias implicam em diferentes estratégias de fluxo de conhecimento, levando a diferentes propósitos de expatriação (estratégico, operacional e de aprendizagem). Subsidiárias inovadoras globais recebem expatriados para os três propósitos. As players integradas não demonstram afinidade com a finalidade estratégica, apenas com a operacional e de aprendizagem. As subsidiárias implementadoras recebem expatriados com fins de aprendizagem e estratégicos. E, inovadoras locais, não apresentam resultados significativos para o uso de expatriados. O estudo também fornece evidências de uma relação entre a duração das expatriações e os diferentes propósitos da expatriação. A duração para fins estratégicos e operacionais é de dois a três anos, enquanto a duração para aprendizagem é cerca de um a dois anos. Outros fatores como o ciclo de aprendizagem do expatriado e a capacidade de os funcionários locais absorverem o conhecimento foram apontados como possíveis drivers da duração.
Abstract: According to leading experts in international business, the competitive advantage of multinationals depends on their ability to acquire and transfer knowledge across borders. Knowledge can be transferred by the parent to the subsidiary (or vice versa), and from one subsidiary to another. Achieving an efficient knowledge transfer is the underlying goal of expatriates in multinational companies. Although several researchers have addressed the purpose of expatriation, no research has been conducted to understand how multinational companies' knowledge flow strategies influence the direction, extent, duration or purpose of expatriation. A comprehensive search in the international business literature and human resource management has resulted in the identification of the research problem. A theoretical framework was developed to examine the relationship between the MNC strategy, the knowledge flow strategy, the use of expatriates, and the purposes of expatriation. The methodology has a quantitative approach, through a survey applied to expatriate employees in MNCs subsidiaries, regardless of location. There were 87 respondents who completed the questionnaire integrally, being the sample used in the study. The collected data was interpreted through analysis of variance and comparison of means (ANOVA). Because the sample is too small, and therefore the statistical tests are not so expressive, it was decided to interview 5 notorious professionals with many years of experience in the field of expatriation. After analyzing and discussing the data, the research results revealed that different strategic functions of the subsidiaries imply different strategies of knowledge flow, leading to different expatriation purposes (strategic, operational and learning). Global innovative subsidiaries receive expatriates for all three purposes. The integrated players do not demonstrate an affinity with the strategic purpose, only with operational and learning. Implementing subsidiaries receive expatriates for learning and strategic purposes. And local innovative, do not present significant results for the use of expatriates. The study also provides evidence of a relationship between the duration of expatriations and the different purposes of expatriation. The duration for strategic and operational purposes is two to three years, while the duration for learning is about one to two years. Other factors such as the expatriate's learning cycle and the ability of local employees to absorb knowledge were identified as possible drivers of the duration.
Keywords: gestão internacional; subsidiárias; transferência de conhecimento; recursos humanos internacionais; expatriados
international business; subsidiaries; knowledge transfer; international human resources; expatriates
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
???metadata.dc.language???: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Escola Superior de Propaganda e Marketing
???metadata.dc.publisher.initials???: ESPM
???metadata.dc.publisher.department???: ESPM::Pós-Graduação Stricto Sensu
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Mestrado em Administração em Gestão Internacional
Citation: Francisco, Pedro de Aguiar Bego. O fluxo do conhecimento e a expatriação em negócios internacionais. 2019. [104 f.]. Dissertação ( Programa de Mestrado em Administração em Gestão Internacional) - Escola Superior de Propaganda e Marketing, [São Paulo] .
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede2.espm.br/handle/tede/463
Issue Date: 25-Feb-2019
Appears in Collections:Dissertações - PPGA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PEDRO DE AGUIAR BEGO FRANCISCO.pdfO fluxo do conhecimento e a expatriação em negócios internacionais1.37 MBAdobe PDFThumbnail

View/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.